Caixa de velocidades automática

Coloque aqui a sua dúvida sobre preços dos usados ou qualquer outra informação relacionada com a compra e venda deste modelo.
Carlos Eduardo
Baby W123
Mensagens: 32
Registado: quinta jun 23, 2011 5:56

Caixa de velocidades automática

Mensagem por Carlos Eduardo » quarta nov 02, 2011 13:16

Boa tarde,

Gostaria de saber a vossa opinião e/ou experiência acerca das caixas automáticas do w123. São fiáveis e duráveis?
E a nível de manutenção, são muito dispendiosas?
Já agora em termos de utilização e diferenças nos consumos?

Cumprimentos,

Carlos Cardoso
Avatar do Utilizador
Markus
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 82
Registado: segunda dez 07, 2009 1:59
Localização: Porto, Minho e Galiza

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Markus » quarta nov 02, 2011 20:39

Olá Carlos,

Essa é um pergunta muito aberta, cuja resposta é igualmente muito aberta. Mas aqui fica a minha opinião. :wink:

Dentro do que se fazia na altura eram excelentes e muito duraveis. Aliás representavam o "benchmark" daquilo que deviam ser caixas automáticas. Naturalmente que actualmente estão a anos luz das caixas auto de 7 que a Mercedes faz nos dias de hoje e o seu comportamento estará igualmente influenciado pelo motor que levam. Uma caixa automatica num 300D tem um "feeling" totalmente distinto de uma caixa automatica num 280E.

Como todas as caixas automaticas, a sua longevidade esta muito ligada aos cuidados e manutenção que tiveram. Muito mais quando falamos de peças com 34 anos... Paralelamente uma caixa manual ou automatica tem várias peças de desgaste ( exº embraiagem nas manuais e conversor de torque nas automaticas ) pelo que, em carros com esta idade e utilização, mais tarde ou mais cedo todas precisam de obras sendo que em Portugal há muito pouca gente que saiba mexer nas caixas automáticas originando que a sua reparação é complexa e dispendiosa.

As caixas automáticas nos w123 também variam com o ano de produção: Até 1979 e pós 1979.

Até 1979 - 4 velocidades, mas praticamente igual a dos w115. O modulador de pressão ( o que leva a informação do pedal do acelerador à caixa) são duas varetas no bloco do motor. ( mecânica ). Mais lenta e arcaica, mas sem os problemas do vacuo.

Imagem
Fonte: PieldeToro

Depois de 1979 - 4 velocidades mas já mais evoluida. Funciona por vacuo, com o modulador de pressão que fica por cima da tampa das valvulas a funcionar igualmente por vacuo. Mais rapida mas sujeita aos problemas habituais do vacuo: Fuga num tubo = a não passar de 2a.

Imagem
Fonte: PieldeToro

Em termos de desempenho, apesar terem as mesmas relações que as manuais de 4, e proporcionarem uma condução muito mais confortavel, é opinião generalizada dos testes aos w123 que vou lendo que nos motores mais pequenos tiram bastante brilhantismo ao motor e gastam um pouco mais de combustivel. A manutenção é igualmente ligeiramente mais cara por obrigar a mudar o seu oleo regularmente.

Pessoalmente fujo de caixas automaticas em classicos a não ser que esteja muito confortavel com a utilização e manutenção que tiveram ou sejam em motores de 6 ou 8 cilindros a gasolina onde fazem todo o sentido. Caso contrario prefiro as manuais, sendo o “mais desejável” uma caixa manual de 5. ( Ou uma de 4 para mais tarde procurar fazer o upgrade ). Mas esta é uma opinião muito pessoal, havendo naturalmente e compreensivelmente quem pense de forma diferente e não troque o conforto das caixas automáticas por nada deste mundo…

Todavia, na escolha de um w123, mais importante do que o tipo de caixa, é sim o estado geral do exemplar, especialmente da carroceria. Na maioria dos casos não será se tem ou não corrosão mas sim quanta terá…
Última edição por Markus em quinta nov 03, 2011 0:01, editado 2 vezes no total.
Carlos Eduardo
Baby W123
Mensagens: 32
Registado: quinta jun 23, 2011 5:56

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Carlos Eduardo » quarta nov 02, 2011 22:00

Muito obrigado pela sua excelente resposta!
É precisamente a opinião e experiência acerca e com veículos com esta caixa que procuro.
Sabendo à partida que o consumo será um pouco mais elevado (sendo que num 300D já não tão baixo quanto isso) será mesmo o possível acréscimo de problemas de fiabilidade, manutenção e reparações.
De facto o de 5 velocidades seria o ideal, mas também mais difícil de encontrar.
Neste caso, referia-me a um 300D de '81, portanto estará equipado com a caixa que funciona com vácuo. Para além dos consumos superiores e diminuição de prestações, poderei deparar-me com despesas acrescidas, que mesmo em casos de pouco uso, se poderão ter acumulado ao longo das 3 décadas...

Mais uma vez agradeço o seu esclarecimento.
(E obviamente que mais opiniões e experiências são bem-vindas)
Avatar do Utilizador
Markus
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 82
Registado: segunda dez 07, 2009 1:59
Localização: Porto, Minho e Galiza

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Markus » quarta nov 02, 2011 22:46

Olá Carlos,

Quando se compra um carro usado, ainda mais um com 30 anos, por muitos cuidados que se tenha haverá sempre despesas. Começando a andar com ele, haverá sempre mais despesas, porque naturalmente quer pela idade quer pela utilização que tiveram, terão sempre uma necessidade maior de manutenção e de substituição de peças de desgaste. Pode-se minimizar o risco de comprar uma unidade mais problemáica, mas 100% de certezas só mesmo com uma bola de cristal. E mesmo assim... :mrgreen:

Eu não me preocuparia em demasiado com o tema da caixa, apesar ser conveniente que o carro seja visto por um especialista que domine o tema da caixa automática. Nas mãos de quem sabe, com alguns pequenos testes que decorrem da experiencia do seu manuseamento, conseguem ter uma ideia aproximada do seu estado.

A minha principial preocupação seria sempre o estado geral, especialmente da carroceria, porque será sempre essa a parte mais dificil e cara de arranjar. A mecânica é relativamente fácil e barata de resolver... Nomeadamente no mercado de usados, em Espanha, com um pouco de trabalho de pesquisa, conseguem-se facilmente caixas e restantes componentes a bom preço. Com a carroceria as coisas já não são assim e para além da dificuldade em arranjar quem as saiba trabalhar convenientemente, são sempre intervenções bastante caras.

Isto é, se o estado geral do carro é muito bom, nomeadamente da carroceria, pessoalmente penso que não será pela caixa que "gato vai às filhoses" :wink:

Paralelamente para quem faz 3 ou 4.000 kms por ano, em passeios de fim de semana com a famlia, a escolha de um modelo a gasolina não é de descurar. Em média estão bastante mais cuidados, com menos kilometros e a melhor preço que os Diesel que geralmente estão mais "coçados" e caros.. E sem representar uma grande diferença em termos de orçamento anual, o prazer e agradibilidade de condução é "outra loiça".. Diesel para trabalhar, Gasolina para disfrutar... 8) 8)
Última edição por Markus em quinta nov 03, 2011 0:26, editado 1 vez no total.
Carlos Eduardo
Baby W123
Mensagens: 32
Registado: quinta jun 23, 2011 5:56

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Carlos Eduardo » quarta nov 02, 2011 23:13

Caro Markus,

De facto, a nível de carroçaria é muito difícil encontrar um modelo sem pontos visíveis, por mínimos que pareçam (já não falo dos que não se conseguem ver exteriormente), principalmente nos fundos das portas junto às borrachas, e junto aos vidros... Penso que é um problema do w123, e que tenha melhorado bastante no w124, pois o meu pai tem um 250d turbo, já com 20 anos, e não tem ainda qualquer sinal de corrosão, apesar de há muito ser o seu carro de uso diário, contando já com mais de 250 mil km...

Eu penso num modelo a gasóleo e em bom estado, porque (não sei se ilusoriamente) gostaria de o usar no dia-a-dia, e seria o meu verdadeiro primeiro carro. No entanto não posso pagar muito por um, e vou tentando ver com calma os que vou podendo, tentando também ir aprendendo um pouco mais para q possa perceber perceber melhor o q me vai aparecendo a frente de cada vez que vejo mais um modelo.
Talvez não esteja a pensar muito racionalmente, até pq o meu pai já me propôs que ficasse com o w124 dele, só para que me deixe de tentar gastar dinheiro num automóvel que pode vir a ser uma dor de cabeça... mas há aquele bichinho (sem desfazer do w124, que continua a ser talvez dos útimos dos "overengeneered" mercedes).

No entanto, vai-me apetecendo perder a cabeça algumas vezes e comprar... o preço é que vai sendo entrave...
Avatar do Utilizador
Markus
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 82
Registado: segunda dez 07, 2009 1:59
Localização: Porto, Minho e Galiza

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Markus » quarta nov 02, 2011 23:34

Os anos de 1973 e 1979 foram anos da crise do petroleo onde este chegou a subir 1.000% o que teve influencia na história automóvel. Por um lado viveram-se maiores preocupações na economia do consumo de combustivel dos modelos, conseguida em parte pelo menor peso dos mesmos ( Chapa mais fina ) e por outro lado esta crise reflectiu-se na qualidade final do produto da industria siderurgica. ( qualidade do aço ) O conhecimento e implementação dos processos de galvanização e de protecção da carroceria também estavam a anos luz daquilo que hoje conhecemos. Assim genéricamente os carros produzidos nessa época são fracos de chapa e têm pouco tratamento anticorrosão, pelo que o W123, apesar de ser do melhor que na época se fazia, não é excepção à regra. São conhecidos, por exemplo, os casos dos Alfa Romeo novos que quando chegavam aos stands de venda já tinham de ser reparados de chapa e pintados de novo... Se o exemplar não teve uma vida "santa" ( garagem e pouca circulação ) ou não foi devidamente restaurado, terá sempre corrosão e precisará de obras de carroceria a curto ou médio prazo. Pode ter mais ou menos, mas ela estará sempre presente e mais visivel se tornará com uma utilização diária.

O teu Pai não deixa de ter alguma razão: Por muito que se goste dos W123, e fundamentalismos à parte, a realidade é que em termos de utilização diária, um W124 estará uns pontos acima quer pela facilidade, quer pela segurança, quer pela economia de utilização. Itens que no dia de hoje não se devem descurar. Mas isso tem solução fácil: W124 para trabalhar todos os dias e um belo w123 a gasolina na garagem para disfrutar aos fins de semana e ir trabalhar de vez em quando... :mrgreen: :mrgreen:
Carlos Eduardo
Baby W123
Mensagens: 32
Registado: quinta jun 23, 2011 5:56

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Carlos Eduardo » quinta nov 03, 2011 22:18

Sim... esses e os famigerados Lancia que acabaram por conduzir mesmo à saída da marca italiana do Reino Unido, pelos processos que lá enfrentou devido à acentuada corrosão...

É um gosto ler os posts de alguém que onde subjacente se vê o interesse e conhecimento do mundo automóvel.

A minha procura continua... na esperança de encontrar um negócio único, ou que esteja numa situação económica mais confortável.

Um abraço!
Avatar do Utilizador
Markus
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 82
Registado: segunda dez 07, 2009 1:59
Localização: Porto, Minho e Galiza

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Markus » sexta nov 04, 2011 0:58

Olá Carlos,

A pressa é inimiga da perfeição e dos negócios acertados. Quando menos se espera, eles aparecem.

Boa sorte e no que precisares dispõe.

Abraço
Avatar do Utilizador
Nuno Nunes
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 183
Registado: quinta out 23, 2008 22:09
Localização: Vila do Conde

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Nuno Nunes » sexta nov 04, 2011 15:30

Boas,

Foi com muita satisfação que li este vosso tópico :wink: . Markus, fizeste-me pensar! Eu vendi o 220D que tinha por ser um pouco fraquinho em prestações e porque fiz um excelente negócio com outro tipo de "veiculo" onde o W123 entrou no negócio. O meu bichinho não desapareceu, longe disso, e sempre que posso vou aos encontros e aos cafesinhos no Dolce Vita. Fui agora ao encontro a Porto de Mós no 300D do nosso "presidente" e amigo Lino e achei o desempenho da caixa automática (que não conhecia) excelente, embora, não deixes de ter alguma razão naquilo que dizes anteriormente em relação à manutenção, consumos e custos em caso de avaria. Esse também é o meu receio porque o próximo W123 que comprar, tem que ser obrigatóriamente potente. Eu tenho uma caravana de 5m de comprimento e quando for necessário ele vai ter que a puxar. O meu receio é se as caixas automáticas serão boas para rebocar ou se isso afectara a sua durabilidade, no entanto, vou continuando a manter a ideia que não será a melhor opção. De salientar também que o w123 não será o rebocador permanente... Essa ideia do W123 a gasolina também me parece agradavel e até já tenho pensado nisso face ao número de km que percorremos com estes carros. No meu 220 em três anos fiz 8000 km... refletindo bem não compensa um diesel!!!

Um abraço

Nuno Nunes
Avatar do Utilizador
Markus
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 82
Registado: segunda dez 07, 2009 1:59
Localização: Porto, Minho e Galiza

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Markus » sábado nov 05, 2011 0:19

Olá Nuno,

Tenho o maximo de respeito e apreço pelos W123 a diesel sendo sem duvida um dos melhores produtos que a Mercedes alguma vez fez. Aliás devem ser os melhores amigos do Chuck Norris e afins, porque sempre que se vê um filme deles, passado em paises aficanos, aparecem vários a circular o que é sintómatico da sua qualidade. Todavia, na minha opinião, em Portugal muitos estão sobreavaliados nomeadamente alguns que aparecem à venda, que considerando o preço que pedem face ao estado real, devem ter uma barra de ouro na mala. Existem naturalmente algumas excepções que confirmam a regra.

Paralelamente, na maioria dos casos, antes desta euforia generalizada pelos carros diesel, no passado só comprava um diesel quem fosse para fazer muitos kilometros. Antes e durante anos a fio as motorizações a diesel foram associadas a carros de trabalho e taxis. Esse é um dos motivos pelos quais os W123 Diesel, na sua maioria, tiveram uma vida dura e têm um desgaste real grande em cima. O custo de circulação dos modelos a gasolina, ocasionou igualmente alguma limpeza no mercado, porque, como económicamente a sua recuperação não é viável, muitos dos piores exemplares infelizmente acabaram encostados em bermas, empaquetados numa sucata ou desfeitos em peças para as doar aos inumeros Diesel em circulação. Paralelamente esta dieselmania e o custo da gasolina ocasionou que ainda apareçam alguns exemplares a gasolina com pouco desgaste, guardados em garagem e a preços muito convidativos. Até mais baixos que no resto da Europa: Em Espanha e França o valor comercial de um bom exemplar a gasolina já é igual ou superior a um modelo a gasoleo. Em Inglaterra, que é talvez o mercado de clássicos mais maduro e com mais adeptos, basta pegar na Mercedes Enthusiast e ver os exemplares a gasolina a serem vendidos por valores proximos das 7 a 10.000 libras.

Se pegarmos no teu exemplo dos 8.000kms em 3 anos, e compararmos um 300D com um 230E ( consumo 9L gasóleo vs consumo 10l de gasolina ), a preços de hoje dos combustíveis, a diferença do custo total de combustível seria de 1.046€ para 1.267€. Ou seja 73€ por ano, que largamente pagam o prazer e agradabilidade de condução que um exemplar a gasolina tem. Mesmo que se faça 4.000kms ano, a diferença por ano será de 110€… Se a isso juntarmos o facto de em médias os exemplares a gasolina estarem no nosso mercado consideravelmente mais baratos e em melhor estado que os diesel, dá que pensar.. Por vezes os melhores negócios fazem-se com calma, bom senso e indo em contramão ao que o mercado pensa. Diesel para trabalhar, gasolina para disfrutar. Cá em casa para trabalhar, no dia a dia, só há mercedes a diesel mas para disfrutar e gozar nenhum deles chega aos calcanhares de um bom "W123 gasser" ( a gasolina )

Voltando ao tema da caixa automática, no teu caso e considerando o tema caravana, a conjugação de um motor menos enérgico com uma caixa automática, na minha opinião, iria fazer com que a caixa automática esteja sujeita a maior desgaste e esforço, ocasionando que pelo menos o conversor de torque tenha uma vida útil mais reduzida. Mas apesar de preferir as caixas manuais, pelo que disse anteriormente, na minha opinião, nunca deverá ser esse o motivo de escolha ou recusa na compra de um exemplar: O mais importante é sempre o seu estado geral, principalmente o estado da carroceria. Muito mais se falarmos de um C123 onde a partir do parabrisas é tudo peças exclusivas do modelo, inexistentes ou pagas a preço de ouro….

Uma bela carrinha W123, a gasolina e suspensão traseira autonivelante era um mimo para puxar a caravana e disfrutar de uns belos passeios em familia ao fim de semana. :evil: Podias meter-lhe a caravana à vontade que nem a traseira descia com o peso, nem havia subida que metesse medo e de vez em quando ainda dava para a levar para o trabalho em grande estilo… Há pouco tempo andou uma 230TE à venda em preço… :evil: :evil:

Abraço
christophe
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 658
Registado: sexta fev 09, 2007 0:11
Localização: Alcobaça

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por christophe » segunda nov 07, 2011 17:06

Bem, sobre as caixas automáticas nao me posso pronunciar muito pois naunca tive nem nunca experimentei! Lembro me do encontro de arganil em que fomos todos em caravana por aquelas encostas acentuadas, os w123 de caixa automática tinham alguma dificuldade...isto é, enquanto numa caixa manual podemos manter a mudança em "qualquer" velocidade os automático não conseguiam isso..ou tinha de acelerar para aguentar a mudança ou reduzir para pôr uma abaixo!

Enfim, são pormenores...nem sempre isso acontece!

Em relação ao 220 d..é pah, o meu pai fez muitas viagens de frança para cá, carregadinho quase com a s palas a rojarem no chão e nunca o ouvi queixar-se de falta de potência! É por si só um carro lento, pesado e demora a desenvolver, mas quando embalado ninguem o pára! :mrgreen:
Avatar do Utilizador
Leceiro
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 1224
Registado: quinta fev 26, 2009 17:12

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Leceiro » segunda nov 07, 2011 17:42

christophe Escreveu:Bem, sobre as caixas automáticas nao me posso pronunciar muito pois naunca tive nem nunca experimentei! Lembro me do encontro de arganil em que fomos todos em caravana por aquelas encostas acentuadas, os w123 de caixa automática tinham alguma dificuldade...isto é, enquanto numa caixa manual podemos manter a mudança em "qualquer" velocidade os automático não conseguiam isso..ou tinha de acelerar para aguentar a mudança ou reduzir para pôr uma abaixo!
Olha que não... Olha que não...

Caixa automática + motor a gasolina com 136 cv = Encostas de Arganil feitas na maior... 8)

E sem preocupações de andar a fazer o ponto de embraiagem quando a malta parava nas subidas... :mrgreen:
Imagem
Avatar do Utilizador
Nuno Nunes
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 183
Registado: quinta out 23, 2008 22:09
Localização: Vila do Conde

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Nuno Nunes » segunda nov 07, 2011 20:51

Olá Markus,

Obrigada pela tua opinião. Até tive direito a dados contabilisticos e tudo :biggrin: Eu também concordo que um clássico se compra pelo seu estado geral da carroceria e até não me importo de pagar mais uns euros se esta estiver em muito bom estado. Eu já ponderei todas as versões e os prós e contras de cada uma. O importante é o prazer que este carro em concreto nos dá, enquanto o conduzimos... o resto é sempre relativo e no final do ano é mais cem menos cem :-)
As carrinhas são sem dúvida excelentes e ando meio "doente" por ter perdido uma que estava impecavel mas, achei que o proprietário na altura estava a pedir dinheiro a mais por ela :roll: A carrinha em questão foi vendida e o actual dono tem um anúncio e ainda está a pedir mais dinheiro do que o anterior... :mrgreen: coisas da vida :-)
A carrinha de que falo é esta: http://www.custojusto.pt/Porto/2828450- ... +7LUG+.htm?
As motorizações a gasolina são sem dúvida desvalorizadas e podemos comprar um carro excelente a um preço convidativo e com pouco desgaste e número de kilometros.

Vou andar atento e certamente que ele ou ela vai aparecer um dia destes :wink:

Abraço
Nuno Nunes
Avatar do Utilizador
Nuno Nunes
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 183
Registado: quinta out 23, 2008 22:09
Localização: Vila do Conde

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por Nuno Nunes » segunda nov 07, 2011 21:02

Christophe,

Espero que esteja tudo bem contigo. Nós estivemos a falar em Porto de Mós. O 220D é um bocadinho fraquinho em relação aos outros mais potentes, era apenas isso que queria comparar. Se calhar estás enganado em relação às caixas automáticas e eu também não as conhecia muito bem mas, o nosso presidente esteve-me a dar umas aulas e até me fez uma excelente demonstração das suas capacidades. Ele numa subida com alguma inclinação e a estrada molhada pôs o carro a polissar e a sacudir a traseira. As caixas automáticas exigem adaptação e sinceramente gostei do que vi e senti mesmo enquanto passageiro... :-)

abraço,
Nuno Nunes
christophe
Sócio Clube W123 Portugal
Mensagens: 658
Registado: sexta fev 09, 2007 0:11
Localização: Alcobaça

Re: Caixa de velocidades automática

Mensagem por christophe » terça nov 08, 2011 12:17

Boas eu estou a falar mas nunca experimentei nem w123 mais potente que 220d nem com caixa automática! Amigo António, lembro m do Presidente ( acho que nessa altura ele levou o 300d) falar nixo que acontecia com ele, pois o carro da frente nao lhe permitia manter a mesma mudança! Eu nao estou a falar de falta de potencia, mas sim de passagem de mudanças no automático! Isto é, imagina numa subida que estás em 2º, apanhas um pouco de espaço e aquilo a uma determinada rotação passa para 3º e vais na boa...aparece um carro a frente reduz para 2º e depois vais ali entre 2º e 3º pois aquilo é automático! Mas se ja tiveres "calo" que o que acho que é importante, sabes mais ou menos a que rotação deves te manter para aquilo nao andar sempre a trocar de mudança! E é aqui que eu quero chegar: enquanto no meu , imaginamos, faço a subida atras do carro sempre em 2º, podendo manter esta mudança até ao red line ( :twisted: ) e reduzir, no automático altenará sempre entre 2º e 3º, e na minha humilde opinião, a caixa automática terá mais desgaste que uma manual!

Nao sei se me fiz perceber! :roll: Eu estava m a referir em termos de desgaste das caixas e nao de potencia de motor!

Amigo Nuno, lá está, para o caso que referi acima, a adaptação e conhecimento do carro é importante!
Responder